Translate

Planos de Treino online - Corrida, Trail Running, Fitness e Perder peso

Planos de Treino de Trail Running - Corrida online

Planos de Treino Online Todos nós temos imenso potencial dentro de nós mas, por vezes, não recorremos aos melhores métodos, para o ...

Horário Aulas e Corridas 2017

Horário Aulas e Corridas 2017
Horário Aulas e Corridas 2017

Mensagens populares

Compra os melhores suplementos com o melhor desconto

Compra os melhores suplementos com o melhor desconto
Ao finalizares a Encomenda Insere o código RUNCROSSTRAIL para teres até 15% de desconto na loja Prozis: http://www.prozis.com/NyS Encomenda já hoje !!

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Como melhorar e avaliar tecnica corrida - oscilação vertical

      
Nuno Gonçalves - corrida - running

     Ao contrário do que possamos pensar, o acto de correr também implica ter técnica... O acto de estarmos em pé e nos deslocarmos em todas as direcções utilizando os membros inferiores é uma habilidade motora que adquirimos e desenvolvemos na nossa infância.  No entanto,  e devido ao calçado que nos é "imposto", acabamos por não o fazer da forma mais correcta...Sim, porque nós nascemos para correr descalços!!!! E, por vezes, ficamos impressionados com a qualidade técnica e performance de alguns atletas africanos mas, se formos às suas origens, verificamos que a sua infância foi vivida de forma livre e, sem calçado. Mas será que qualquer indivíduo consegue melhorar a sua técnica de corrida de forma a melhorar o seu rendimento desportivo ?  A resposta é: SIM!!!   Uma das formas de avaliarmos a nossa técnica de corrida é medindo a nossa oscilação vertical (movimento vertical do corpo) e o tempo de apoio do pé no solo, durante a corrida. O objectivo da corrida é deslocarmos-nos com a maior eficiência possível para a frente e com o menor gasto energético, logo, todos os movimentos verticais que fazemos durante a corrida, só irão prejudicar a eficiência energética e o desempenho. Quanto maior a oscilação vertical, maior o impacto sobre o solo, gastando assim energia desnecessária, que nos seria útil para nós impulsionar para a frente. A Oscilação vertical é medida em centímetros e, varia em média entre 6 cm a 13 cm... atletas de elite conseguem ter uma oscilação vertical muito mais baixa que um cidadão comum, correspondendo a um menor gasto energético ao longo da sua corrida, e consequentemente a uma melhor performance desportiva. Ao efectuarmos uma Oscilação Vertical elevada, exercermos um impacto mais forte no contacto dos pés com o solo e, estes actuam como um travão, tornando a corrida menos fluida e um constante "pára, arranca", para além de aumentarmos o risco de lesões nas articulações... como tal, se quisermos evoluir e correr com mais segurança é importante melhorarmos a nossa oscilação vertical mas.... como o podemos fazer?
- Aumentar o número de passos por minuto - o ideal será fazermos acima dos 180 passos por minuto quando corremos a um ritmo mais forte. Ao efectuarmos passadas mais rápidas acabamos por minimizar o impacto exercido no chão, pois somos "obrigados" a deslocarmos-nos mais paralelos ao chão;
- Diminuir o tempo de contacto do pé com o solo - quando corremos, o ideal, será não prolongar a permanência do pé no solo. Para o conseguirmos fazer, deveremos evitar que o ponto de contacto do pé com o chão seja o calcanhar e, ao aumentarmos a frequência da passada também iremos facilitar esse processo. Segundo alguns estudos efectuados, o simples facto de diminuirmos o tempo de contacto no solo em apenas 15 milissegundos, possibilita melhorias em cerca de 3% no rendimento. Até pode parecer pouco mas, para um indivíduo que faz 40' aos 10 km, é o suficiente para retirar 1' minuto ao seu tempo e, se formos para uma prova tipo a Maratona isso poderá corresponder a menos 7' nesta prova. Atletas de topo possuem um tempo de contacto com o solo abaixo dos 180 milissegundos;
   Traduzindo isto para mais alguns números, um indivíduo de 70 kg, numa prova de 10 km, reduzindo a oscilação vertical em 2,5 cm e, somando a totalidade de todos os movimentos no decorrer da prova, diminui o impacto sobre o corpo em cerca de 42 toneladas, logo por aqui dá para ter uma pequena ideia da quantidade de energia que poderemos poupar se melhorarmos a nossa Oscilação Vertical;

  Como medir a oscilação vertical e o tempo de apoio do pé no solo? Hoje em dia já existem relógios com uma banda que permitem medir estes aspectos técnicos. Relógio como o Garmin Fénix Hrm e mais alguns existentes no mercado já possibilitam fazê-lo com grande qualidade.
     Portanto, se querem melhorar o vosso desempenho, não corram....deslizem!!!! ;)