Translate

Horário Aulas e Corridas 2019/2020

Horário Aulas e Corridas 2019/2020
Horário Aulas e Corridas 2019/2020

Planos de Treino online - Corrida, Trail Running, Fitness e Perder peso

Planos de Treino de Trail Running - Corrida online

Planos de Treino Online Todos nós temos imenso potencial dentro de nós mas, por vezes, não recorremos aos melhores métodos, para o ...

Mensagens populares

Compra os melhores suplementos com o melhor desconto

Compra os melhores suplementos com o melhor desconto
Ao finalizares a Encomenda Insere o código RUNCROSSTRAIL para teres até 15% de desconto na loja Prozis: http://www.prozis.com/NyS Encomenda já hoje !!

terça-feira, 31 de maio de 2016

Porque é importante um atleta de Trail running correr na estrada

Corrida Estrada - Nuno Gonçalves e Daniel Baptista

Porque é importante um atleta de Trail running correr na estrada

A Corrida em Trilhos (Trail Running) e a Corrida em Estrada oferece duas experiências diferentes e, uma grande parte dos melhores atletas a nível mundial no Trail Running, não dispensa as provas e os treinos em Estrada. Sim, porque quem quer correr rápido nos trilhos também tem que conseguir correr rápido em estrada, no entanto, não é necessário ser um atleta de topo neste tipo de piso para ser um excelente Trail Runner... apesar de ser extremamente importante o treino específico na montanha, com subidas e descidas a pique, correr em superfícies e terrenos irregulares, treinando assim a força, a propriocepção, o equilíbrio, a coordenação... também é extremamente importante incluir nos treinos semanais os treinos em estrada ou em Pista, e fazer uma ou outra prova de estrada de vez em quando para medirmos a nossa evolução no alcatrão, já que, no Trail Running e, devido ao facto de ano para ano, a maior parte dos percursos ser completamente diferente, essa "medição" não ser possível... pois, enquanto numa prova de estrada, uma média de 5 minutos ao quilómetro, não será nada de especial, no Trail running uma média assim, poderá ser digna de um super-atleta, dependendo muito do grau de dificuldade do percurso. Portanto, aqui seguem um conjunto de razões importantes porque todos os Trail Runners que querem andar mais rápido nos trilhos, deverão fazer corrida em estrada:

- O treino em Estrada ou em Pista permite que nos foquemos apenas na velocidade: Se quisermos treinar a velocidade e a cadência rápida de pernas, acabamos por não o fazer a 100% num percurso acidentado, pois a surpresa de cada passo no Trail Running, é uma constante, obrigando-nos a "olhar" para cada passo que damos... no entanto, no treino em estrada, o foco na velocidade será a 100%, pois o percurso não exige um elevado grau de atenção;

- Uma Prova de Estrada é uma excelente forma de Medição da Evolução: se, no Trail Running, devido à alteração do percurso de ano para ano na maior parte das provas, não será fácil medirmos a evolução dum ano para o outro, nas provas de estrada isso já não acontece, permitindo-nos assim verificar se a nossa velocidade média melhorou num determinado percurso;

- O Treino em Estrada ou Pista permite-nos correr mais rápido em plano: quem faz provas de Trail Running regulares, sabe que é raro o Trail em que não encontramos percursos planos em estrada e, estradões, sendo muitas provas decididas neste tipo de piso... um dos exemplos flagrantes em que isso acontece são os denominados "Urban Trails", logo, se não formos rápidos o suficiente em plano de forma a manter um velocidade rápida de forma constante, as subidas e descidas poderão não ser suficientes para fazer a diferença;

- Uma Competição de Estrada permite treinar com uma pulsação elevada e constante durante a totalidade da prova: quem pratica Trail Running sabe que uma competição desta modalidade, é algo que tem muitos "picos" de frequência cardíaca, pois tanto atingimos quase a frequência cardíaca máxima no final duma subida, como vamos com uma pulsação muito baixa em zona muito técnicas por exemplo e, onde somos "obrigados" a reduzir o ritmo. Uma prova de estrada é excelente para aumentar a Capacidade Aeróbia (início e meio da prova...) e a Capacidade Anaeróbia (geralmente treinamos esta capacidade na parte final das provas)... importante referir que há atletas, que por começarem demasiado rápido as provas, acabam por ultrapassar o limite anaeróbio nos primeiros quilómetros de prova, acabando por acumular ácido láctico muito cedo e comprometendo assim o resto da prova...

- Maximizar a performance em todo o tipo de superfícies: Numa prova de Trail Running o piso acaba por ser mais macio e absorve muito mais o impacto do que se treinarmos em estrada, no entanto, é extremamente importante maximizar o rendimento em todo o tipo de superfícies. O treino em estrada permite um trabalho diferente dos músculos e tendões, permitindo desta forma não os sobrecarregar sempre com os mesmos movimentos e vice-versa... para além de fortalecer e preparar os músculos e tendões para um impacto maior, minimiza assim também o risco de lesões e prepara-os para correr em superfícies mais duras!!!

Apesar de muitas vantagens, deveremos privilegiar a superfície de treino que mais se adequa aos nossos objectivos... se o objectivo é o Trail Running não faz sentido treinar 5 vezes por semana em estrada e 2 vezes por semana em trilhos e, vice-versa... O importante, é que haja variabilidade de pisos para não sobrecarregar sempre os mesmo músculos, tendões e articulações e, utilizar cada um dos pisos para potenciar ao máximo as nossas capacidades!!! 

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Exercício é uma arma eficaz no combate ao cancro

      
Cancro e exercício

    O exercício regular traz inúmeros benefícios para o organismo humano e, este estudo veio reforçar ainda mais a importância de ter uma actividade desportiva regular, no que diz respeito a combater uma doença que mata milhares de pessoas anualmente: o cancro. Segundo estudos científicos,  o nosso organismo está sempre a criar potenciais células cancerígenas a todo o momento mas, o nosso sistema imunitário, em situação normal, reconhece-as, detecta-as e destrói-as, no entanto, ainda é um mistério porque algumas dessas células conseguem "enganar" o sistema imunitário e, conseguem proliferar no organismo humano... portanto, reforçar o nosso sistema imunitário continua a ser uma das melhores maneiras de combater o cancro. 
    Num estudo, realizado na Suécia, 10 atletas jovens saudáveis foram exercitados numa bicicleta durante 60 minutos, sendo-lhes retirada uma amostra de sangue antes e, imediatamente após o exercício. As duas amostras foram isoladas e, em seguida, foram inseridas células cancerígenas em cada uma delas para verificarem se estas cresceriam. E, incrivelmente, as células cancerígenas colocadas na amostra retirada após o exercício, tiveram uma inibição de 31% no seu crescimento comparativamente à outra amostra. Segundo a comunidade científica, existe algo produzido durante o exercício físico, que é distribuído por todas as partes do organismo e que destrói as células cancerígenas.
   Em outro estudo, que envolveu ratos com cancro, foram criados 2 grupos, um grupo realizava exercício numa roda de forma regular e, outro grupo não tinha actividade alguma. Os ratos testados tinham 5 diferentes tipos de cancros e, após análise, foi verificado que o grupo que passava grande tempo em movimento na roda, reduziu o cancro em cerca de 60% a 70% e, analisando ao pormenor, verificou-se que o organismo dos ratos que faziam exercício, criava células naturais que destruíam as células cancerígenas.
      O exercício é algo que já começa a ser implantado em muitas clínicas mundiais para combater esta terrível doença e, os resultados têm sido surpreendentes!!!
    Querem melhores razões para saírem do sofá e praticarem exercício?!!  Mexam-se e, a probabilidade de terem uma vida saudável, certamente será muito maior!!!

sábado, 14 de maio de 2016

Os Segredos mais loucos das Corridas - Running

Nuno Gonçalves - Running - Runcrosstrail


Os segredos mais loucos das Corridas - Running

Há muitos segredos por detrás das Corridas, descubram aqui alguns dos mais loucos... :)

- Os Corredores Masculinos têm uma probabilidade maior de virem a ter filhos do sexo feminino... Investigadores da Universidade de Glasgow, dividiram em 3 grupos, vários atletas que tentavam ser pais... Um Grupo fez uma pausa nos Treinos durante esse período, outro Grupo corria menos de 48 km semanais e, o terceiro Grupo corria distâncias superiores a 48 km semanais... no final do estudo verificou-se que o Grupo dos que não Correram, e o Grupo dos que correram menos de 48 km por semana tiveram uma taxa de nascimento de 60% de bebés do sexo masculino, enquanto que os corredores que correram mais de 48 km semanais, tiveram uma taxa de de nascimento de 40% de bebés do sexo masculino.. este resultado impressionante, pensa-se estar relacionado com o facto de ao corrermos distâncias mais elevadas, provocarmos uma diminuição dos níveis de Testosterona... portanto se querem ter uma Menina, corram com força mas, atenção que não é apenas pelo facto de correrem ou não que vão ser pais... é preciso algo mais.... ehehehehehehehehehe

- Segundo um estudo efectuado em Competições de Corrida pelo mundo fora, verificou-se que os Corredores que vestem de vermelho são mais propensos a ganhar as corridas do que aqueles que vestem qualquer outra cor... (sendo assim acho que vou reduzir a intensidade e volume dos meus treinos e vou sim renovar o meu guarda-fatos no que diz respeito a roupas de Corrida... eheheheheh).

- Um homem normal possui energia suficiente em forma de gordura, para correr durante 3 dias a uma velocidade média de 24 Km/h... considerando que um Corredor normal corre à média de 10 a 12 km/h temos muito energia que ainda não viu sol...  :)

- 12 dos melhores atletas de Top de Sempre pertencem a uma Tribo de nome Kalenjin do Nordoeste do Quénia... tirando as minhas conclusões, acho que a forma mais semelhante de pertencemos a um grupo parecido é vestirmos roupa da Marca Kalenji.. provavelmente as nossas marcas irão melhorar mas, ainda não há estudos suficientes nesse sentido... eheheheheheheheh

- Estudantes da Universidade de PorthsMouth, verificaram que os seios femininos não se movimentam apenas para cima e para baixo, estes movem-se ainda para um lado e para o outro e, para dentro e para fora, podendo criar lesões irreversíveis em alguns ligamentos, daí a a importância da utilização de soutiens desportivos... assim as Mulheres conseguem conter essa rebeldia mamária... :)

- São necessários 200 músculos para dar um simples passo... por isso correr cansa tanto... eheheheheheh

- Corredores que praticaram Futebol em criança, têm 50% menos de probabilidade de virem a ter uma fractura óssea.. segundo alguns estudos estes indivíduos possuem uma massa óssea mais forte e mais bem distribuída... 

- A música poderá melhorar o desempenho na Corrida em cerca de 15%, no entanto, este fenómeno só acontece a alguns indivíduos que se sentem estimulados com a batida... portanto se for esse o vosso caso, comecem a levar este poderoso Doping para as competições e sintam o Poder da Música...

- Foi efectuado um estudo com um grande número de Corredores no sentido de saber qual o alimento que não dispensavam na sua dieta normal... a resposta mais generalizada foi: a BANANA... pois é afinal a Banana não é apenas o fruto do amor... também é o fruto dos Corredores!!! :)

E já agora, qual destas curiosidades vos impressionou mais?!!! 

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Treino eficaz para Abdominais Obliquos - RCT Training

Treino eficaz para Abdominais Obliquos - RCT Training

Treino eficaz para Abdominais Obliquos - RCT Training

Este exercício em prancha permite-nos trabalhar os músculos Abdominais com uma maior incidência nos Abdominais oblíquos... é importante manter as pernas afastadas, o tronco alinhado com as coxas e contrair os músculos abdominais durante a execução da totalidade do exercício. Numa fase inicial, recomenda-se 3x20 repetições alternadas. Se sentirem que está fácil demais poderão aumentar o número de repetições de acordo com a vossa capacidade física. Bons Treinos!!!